quinta-feira, 4 de agosto de 2011

69 pessoas submetidas ao trabalho escravo são resgatadas em Goiás

*Adital

Através de uma denúncia de tentativa de homicídio, fiscais do Ministério do Trabalho encontraram e resgataram 69 trabalhadores que atuavam em condições de escravidão, em 11 carvoarias, no Estado de Goiás.

Falta de equipamentos de proteção individual, ausência de água potável e instalações sanitárias e alojamentos inadequados foram alguns dos problemas encontrados e declarados pelos fiscais durante a ação, além da falta de registro dos trabalhadores, que não possuíam férias, descanso semanal e seguro acidentes.

As carvoarias, pertencentes a sete pessoas da mesma família, estavam localizadas nos municípios de Santa Terezinha de Goiás, Crixás, Nova Crixás, Pilar de Goiás, Campos Verdes e Guarinos. Até o momento, os responsáveis pelas carvoarias já pagaram R$ 205 mil dos R$ 608,2 mil referentes às verbas rescisórias.

Fonte: MCP

Fonte:Adital


Nenhum comentário:

Postar um comentário